Home        Perfil       A Clínica        Diagnósticos       Tratamentos Faciais       Tratamentos Corporais       Dermatoscopia       Mídia       Contato

     Imprensa

A era do gelo: criolipolise

Revista Boa Forma - Novembro / 2015

Rugas estáticas com Frozentox

Ainda não dá para congelar o tempo, mas alguns sinais dele sim! O tratamento utiliza a baixa temperatura do nitrogênio para deixar o rosto mais jovem. É a chamada crioneuromodulação. "Um choque frio coloca o nervo em hibernação por até quatro meses, os músculos relaxam e as rugas desaparecem," explica a médica Celia Beatriz David, pós-graduada em Medicina Estética, Estudos do Envelhecimento, Dermatologia e Cirurgia Plásticas, de São Paulo.

Aprovado pelo FDA, nos Estados Unidos, o aparelho congela os nervos a -80ºC e se apresenta como uma alternativa ao botox. "Por não ser tóxico, é uma maneira segura para remover as rugas da testa e entre sobrancelhas", diz a médica. O frio é aplicado no nervo periférico e impede o envio dos sinais neuronais.

Resultado: ausência de dor e bloqueio da atividade muscular local. "O efeito é temporário e não causa danos permanentes porque deixa sua estrutura intacta", diz Celia. A aplicação dura em média 10 minutos, também oferece resultado imediato e é menos dolorosa que a técnica com toxina botulínica. Mas há possíveis efeitos colaterais, como dores de cabeça e algum desconforto.

Curvas sequinhas com CoolTech

Também conhecido como "speed" criolipólise, esse equipamento de origem espanhola diminui o tempo de sessão pela metade usando a criolipólise. "O sistema monitora constantemente a temperatura e os vários aplicadores têm desenho ergonômico, que se adapta a diferentes partes do corpo (abdômen, braços, costas, flancos, culote, glúteos e parte interna das coxas e dos joelhos)" diz a dermatologista Denise Lage, de São Paulo.

Até agora, os aparelhos de criolipólise só atuavam em uma área por ciclo (70 minutos). Aí, para cuidar de quatro regiões, a cliente ficava quase cinco horas na clínica," diz a dermatologista Cláudia Marçal, de Campinas. "Com o CoolTech, para tratar as mesmas áreas, precisamos de apenas duas horas e meia," compara. Isso porque ele tem mais aplicadores. Os melhores resultados ocorrem quando a redução de temperatura é feita de forma lenta e constante, até chegar a mínima ideal. de -8ºC.

Funciona assim: os aplicadores são acoplados à pele com uma leve sucção. A partir daí, o controle de temperatura eletrônico inicia o processo de congelamento de forma gradativa. "Com a formação de cristais congelados, a parede das células de gordura é rompida, e elas são eliminadas pelo sistema linfático. Após o término do tratamento, retiramos os aplicadores e fazemos uma leve massagem na região", explica Cláudia.

Durante a sessão, a sensação de frio é localizada. E, depois, a região pode ficar mais sensível com leves hematomas.


Abaixo segue a publicação:


Show de cabelo, mesmo no inverno

 


Rua Joaquim Floriano, 72 - cj. 74
Itaim Bibi - CEP 04534-000 - São Paulo
Tel: (11) 3078-5881 / 3078-5937
Av. Barão de Itapura, 2294 - cj. 36
Guanabara - CEP 13073-300 - Campinas
Tel: (19) 3365-1880
Siga-nos: